Macroinvertebrados betônicos e a qualidade da água

postado em: Publicações | 0

Aos vinte e seis de setembro, os alunos do 8º ano do Ensino Fundamental II, acompanhados pelo professor Pedro Canísio, tiveram a oportunidade de visitar o Biocentro Germinar em Ouro Branco e participar de um verdadeiro laboratório, oportunizado por meio do programa da Gerdau S&A.

Durante a visita técnica orientada, os alunos puderam observar e aprofundar os conhecimentos acerca dos macroinvertebrados betônicos – organismos vivos que não possuem coluna vertebral e vivem no fundo de rios e lagos, que são capazes de oferecer uma gama de leituras relacionadas a qualidade e grau de pureza da água, permitindo detectar e avaliar os impactos ocorridos no ecossistema observado. Realizaram também experimentos que permitiram fazer a análise física e química da água, observando desde a cor, o cheiro, bem como a partir da adição de produtos químicos específicos, analisaram o grau de pureza e/ou contaminação das águas, distinguindo ainda ambiente natural, ambiente poluído, ambiente modificado e ecossistemas que não sofreram a interferência humana.

Segundo o professor de Ciências Pedro Canísio que acompanhou os alunos, “a parceria é muito importante e a visita é sempre muito enriquecedora uma vez que as observações e o direcionamento da forma como são conduzidos, oportunizam uma gama de abordagens e conclusões, permitindo a assimilação in loco, dos conteúdos desenvolvidos em sala de aula”.

    Uma escola da