Apesar do encontro diário, dos textos trocados através da agenda escolar, dos contatos telefônicos que dinamizam o dia a dia, ainda assim é importante agendar um dia especial para receber os pais e mostrar a eles os trabalhos que estão sendo realizados para desenvolver o aprendizado e interação dos alunos individualmente.

No dia 19 de março, foi realizada a 1ª Reunião para os pais dos estudantes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. Na oportunidade, os professores juntamente com as Irmãs que compõem o Conselho Geral da CIANSP, Madre Teresa Cristina Leite – superiora geral da Congregação, Ir. Neuza Cota – Vice-Madre, Ir. Márcia Santiago – responsável pelo Departamento de Educação, Ir. Terezinha – Departamento de Ação Social, Ir. Zulmira – Departamento de Saúde, Ir. Conceição – Tesoureira Geral e Ir. Célia Martiniano – Secretária Geral, se reuniram com os pais dos alunos.Os pais dos alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, também foram recebidos. Porém, a reunião ocorreu no dia 28 de março. Inicialmente, Ir. Ribamar, diretora do Colégio, recebeu e conversou com os presentes.

Em seguida, as coordenadoras Andréa Monteiro e Raquel Fernandes, conduziram a reunião e trataram de assuntos de interesse geral como os projetos que serão desenvolvidos durante o ano. Alguns deles, institucionais, uma vez que serão contemplados em todos os demais Colégios que compõem a Rede Piedade de Educação. O Sistema de Avaliação, a parceria escola e família e alguns importantes informativos, também foram  abordados.

Conciliando oportunidades, para enriquecer ainda mais o momento, uma palestra intitulada: “Educação de filhos: desafios para o desenvolvimento emocional das crianças”com a Psicóloga e ex-aluna, Rafaela Ladeira de Souza, foi agendada.

Questionamentos como: “Que filhos vamos deixar para esse mundo e a afirmativa de que os filhos precisam conhecer e saber lidar com as frustrações, fizeram com que os pais, conduzidos por Rafaela, repensassem posturas e traçassem verdadeiras linhas do tempo, na qual se alternaram em diferentes posições, ora enquanto filhos e ora enquanto pais.

Indiscutivelmente, a participação efetiva da FAMÍLIA na ESCOLA, e a oportunidade de enriquecer o encontro com a parceria de conceituados profissionais, estreitam e reforçam importantes laços em prol do harmonioso e efetivo desenvolvimento dos alunos.