Encontro das Américas

postado em: Publicações | 0
“Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, a saber, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.” (Rm 12,2)

É evidente que, para cumprir a vontade de Deus, em primeiro lugar é preciso conhecê-la. Mas, como o Apóstolo dá a entender, isso não é fácil. Não é possível conhecermos bem a vontade de Deus sem uma luz especial que nos ajude a discernir, nas diversas circunstâncias, o que Deus quer de nós, evitando as ilusões e os erros nos quais facilmente poderíamos cair. Seria mesmo a vontade de um ser supremo enviar um número considerável de pessoas além mar para que, com um ímpeto voraz de exploração, colonizasse e dizimasse outros povos que viviam há anos em perfeita harmonia e organização social? Quais seriam os pressupostos de considerar pela suposta “vontade de Deus” que os europeus tinham, por direito divino, explorar, saquear, escravizar e dizimar todo um conjunto populacional que ainda hoje é lembrado como o núcleo, a raiz do povo latino americano? De acordo com estas indagações, os alunos da Primeira Série do Ensino Médio do Colégio Nossa Senhora da Piedade marcaram forte presença no Encontro das Américas organizado pelo professor de História Warlen Guerra Freitas com o objetivo principal em mostrar ao público que nossas verdadeiras origens não são e muito menos devem ser encontradas no Velho Mundo mas sim em um continente que mesmo sendo por mais de três séculos saqueado ainda respira humanidade, simplicidade e cultura. O evento teve como norte um café típico das nações atuais onde encontramos grande parte da cultura Inca e Asteca com uma inenarrável apresentação dos alunos sobre política, cultura, economia, sociedade e religião das mesmas.  

Prof. Warlen.

Vejam as fotos:

Encontro Das Américas

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar